Doações de sangue caem 75% em hospital de Porto Alegre após alta em maio, durante enchentes

  • 15/06/2024
(Foto: Reprodução)
Hospital de Clínicas chegou a receber 80 doações por dia em maio, mas número caiu no mês seguinte. Outros bancos de sangue registram baixo estoque na capital. Doador de sangue em hospital de Porto Alegre Reprodução/RBS TV Logo que o Rio Grande do Sul foi afetado pelas enchentes, o Hospital de Clínicas de Porto Alegre (HCPA) registrou uma alta nas doações de sangue. Cerca de 80 pessoas procuravam o banco de sangue da instituição por dia no início de maio. Em junho, as doações caíram 75% em comparação ao mesmo período do mês anterior. 📲 Acesse o canal do g1 RS no WhatsApp Segundo o HCPA, seis dos oito grupos sanguíneos estão em nível crítico: O+, O-, A-, B-, AB+ e AB-. "Muitos afetados pelas enchentes deixaram as preocupações com a saúde de lado por um período. Eles podem agora ter complicações e precisar do atendimento no HCPA. Precisamos estar preparados", afirma o chefe do Serviço de Hemoterapia do hospital, Leo Sekine. O horário de funcionamento do banco de sangue do HCPA é de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, e sábados, das 8h às 12h. O telefone de contato é (51) 3359-8504, e as doações devem ser agendadas pelo site do hospital. Dia mundial do doador de sangue Veja abaixo a situação dos hospitais, além de quem pode e quem não pode doar sangue. ⛈️ Contato com a água da enchente Pessoas que tiveram contato com a água das enchentes devem evitar a doação. O prazo varia de acordo com cada hospital ou banco de sangue. "A gente pede que aguarde, pelo menos, uns 15 dias, porque a gente tem que avaliar se não vai desenvolver alguma doença. [O doador deve] sempre procurar fazer a triagem clínica. Na triagem clínica, o triador vai coletar informações e avaliar se essa pessoa está apta ou não à doação", explica a enfermeira Nádia Calixto, do Hospital de Pronto Socorro (HPS) de Porto Alegre. No Hospital de Clínicas, a orientação é para que pessoas expostas à água das chuvas ou que tomaram a vacina contra a dengue evitem doações por 30 dias. Quem usou o medicamento doxiciclina, para leptospirose, fica impedido de doar por 15 dias. O mesmo prazo vale para quem tomou a vacina da gripe. Bolsas de sangue em hospital de Porto Alegre Reprodução/RBS TV 🏥 Situação nos hospitais O Hemocentro do Estado afirma que precisa de todos os tipos de sangue para manter os estoques em níveis adequados, principalmente os de fator RH negativo. No sábado (15), o local vai receber doadores. O Hemocentro fica na Avenida Bento Gonçalves, 3722, em Porto Alegre. O agendamento da doação pode ser feito pelo WhatsApp (51) 98405-4260 ou pelo site da instituição. O Hospital de Pronto Socorro (HPS) está com os estoques baixos para os tipos B+ e A-. As doações ocorrem de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h, com agendamento prévio pelo WhatsApp (51) 3289-7658. A Santa Casa está com baixos estoques e com poucos doadores. A média ideal é 80 doações por dia, segundo a instituição. Contudo, a procura é menor que a metade desse número. Todos os tipos são necessários, com destaque para o O-. O atendimento ocorre de segunda a sexta-feira (exceto feriados), das 7h30 às 17h30, e nos sábados, das 7h30 às 12h. O agendamento é feito pelo site da Santa Casa. Os hospitais do Grupo Hospitalar Conceição (GHC) precisam de sangue de todos os tipos, principalmente O- e B-. O Banco de Sangue fica no segundo andar do Hospital Conceição (Avenida Francisco Trein, 596, Porto Alegre) e funciona de segunda a sexta, das 7h30 às 17h, e aos sábados, das 7h30 às 12h. Em Canoas, o Hospital Universitário registrou uma queda de quase 60% nas doações após as enchentes. A maior necessidade são os tipos O- e O+, mas sempre há a preocupação em manter o estoque alto com todos os tipos de sangue. O atendimento ocorre na Avenida Farroupilha, 8001, em Canoas. Não é preciso agendamento para doar de segunda a sexta, das 8h às 17h. Já no primeiro sábado de cada mês, das 8h às 16h, é necessário agendar pelo telefone (51) 3474-8200. Bolsa de sangue durante coleta em hospital de Porto Alegre Reprodução/RBS TV 🩸 Quem pode doar sangue: Segundo a Secretaria Estadual da Saúde (SES), estas são as condições para se doar sangue: Estar em boas condições de saúde; Apresentar documento oficial de identidade com foto; Ter idade entre 16 e 69 anos, sendo que os candidatos a doadores com menos de 18 anos deverão estar acompanhados pelos pais ou por responsável legal; Pesar no mínimo 50 kg com desconto de vestimentas; O limite de idade para a primeira doação é de 60 anos; Não estar em jejum e evitar alimentação gordurosa; Ter dormido pelo menos 6 horas antes da doação; Não ter ingerido bebidas alcoólicas nas 12 horas anteriores à doação; Não fumar pelo menos duas horas antes da doação. 🚫 Quem não pode doar sangue: São considerados impedimentos temporários: Gripe ou febre; Gestantes ou mães que amamentam bebês com menos de 12 meses; Até 90 dias após aborto ou parto normal e até 180 dias após cesariana; Tatuagem ou acupuntura nos últimos 12 meses; Exposição à situação de risco para a AIDS (múltiplos parceiros sexuais, ter parceiros usuários de drogas); Herpes labial; Outros critérios que impedem a doação serão verificados por ocasião da entrevista de triagem. São considerados impedimentos definitivos: Doença de Chagas; Hepatite após os 11 anos de idade; Ser portador dos vírus HIV (AIDS), HCV (Hepatite C), HBC (Hepatite B), HTLV; Uso de drogas injetáveis. VÍDEOS: Tudo sobre o RS

FONTE: https://g1.globo.com/rs/rio-grande-do-sul/noticia/2024/06/15/doacoes-de-sangue-caem-em-hospital-de-porto-alegre-apos-alta-em-maio-durante-enchentes.ghtml


#Compartilhe

Aplicativos


Locutor no Ar

Peça Sua Música

No momento todos os nossos apresentadores estão offline, tente novamente mais tarde, obrigado!

Top 5

top1
1. Raridade

Anderson Freire

top2
2. Advogado Fiel

Bruna Karla

top3
3. Casa do pai

Aline Barros

top4
4. Acalma o meu coração

Anderson Freire

top5
5. Ressuscita-me

Aline Barros

Anunciantes