VÍDEO: PM agride educador social de abrigo para pessoas atingidas por enchentes em São Leopoldo

  • 14/06/2024
(Foto: Reprodução)
Homem sofreu derrame ocular após agressões. Colega dele foi detido, levado à delegacia de polícia e, então, liberado sem ser acusado de crimes. Policiais envolvidos foram afastados do trabalho nas ruas pela Brigada Militar (BM), que instaurou inquérito para investigar o caso. PM agride educador social de abrigo para pessoas atingidas por enchentes em São Leopoldo Uma integrante da Organização Não Governamental (ONG) que faz a gestão de um abrigo municipal para pessoas atingidas por enchentes em São Leopoldo, no Rio Grande do Sul, registrou em vídeo o momento em que um colega foi agredido por um policial da Brigada Militar (BM) na noite de quinta-feira (13). Veja o vídeo acima. A Polícia Civil investiga o caso. A BM disse que instaurou um inquérito policial militar (IPM) para investigar e que afastou do trabalho nas ruas todos os policiais envolvidos. 📲 Acesse o canal do g1 RS no WhatsApp No vídeo, é possível ver um grupo de pessoas discutindo. Em seguida, o policial grita "polícia! polícia!". Ele aparece nas imagens avançando em direção a um dos homens e dá um tapa no rosto dele. Na sequência, dá mais dois tapas. Depois, o policial militar acusa ele de estar fumando maconha, o que ele nega estar fazendo. O g1 entrou em contato com a assessoria de comunicação da prefeitura de São Leopoldo, que disse que deve se manifestar posteriormente a respeito do que aconteceu. PM agride educador social de abrigo em São Leopoldo Atos 29/Divulgação Como tudo começou Conforme a Polícia Civil, as agressões aconteceram por volta das 21h em um posto de combustíveis na Avenida São Borja, em frente ao Centro de Eventos de São Leopoldo, onde foi montado um abrigo. As pessoas que aparecem no vídeo são educadoras sociais do abrigo e estavam em horário de intervalo. Quem foi agredido é um homem de 30 anos. Ele precisou de atendimento médico devido às lesões e sofreu um derrame ocular. A ONG Atos 29, que contratou o educador, disse que tudo começou quando recebeu a informação de que um funcionário estava sendo agredido no posto de combustíveis. Responsáveis pela ONG e outros educadores foram ao local e encontraram o funcionário, de 23 anos, detido em um banco sendo questionado por um homem que se identificou como policial da Força Nacional. O suposto policial acusou o funcionário de estar usando drogas no local. Houve discussão e, por isso, a Guarda Municipal e a BM foram ao posto. Segundo a ONG, o vídeo mostra o momento em que o policial chegou e, "sem mesmo procurar compreender a situação, abordando todos de forma truculenta", agrediu o educador. O funcionário acusado de estar usando drogas foi detido e levado até uma delegacia. A polícia não encontrou drogas com ele. Ele foi liberado sem ser responsabilizado por um crime. O suposto policial da Força Nacional era, na verdade, vigilante do posto. Ele pode ser responsabilizado por falsidade ideológica – pois se passou por alguém que não era. VÍDEOS: Tudo sobre o RS

FONTE: https://g1.globo.com/rs/rio-grande-do-sul/noticia/2024/06/14/video-pm-agride-educador-social-de-abrigo-para-pessoas-atingidas-por-enchentes-em-sao-leopoldo.ghtml


#Compartilhe

Aplicativos


Locutor no Ar

Peça Sua Música

No momento todos os nossos apresentadores estão offline, tente novamente mais tarde, obrigado!

Top 5

top1
1. Raridade

Anderson Freire

top2
2. Advogado Fiel

Bruna Karla

top3
3. Casa do pai

Aline Barros

top4
4. Acalma o meu coração

Anderson Freire

top5
5. Ressuscita-me

Aline Barros

Anunciantes